Stories in Interlagos – The Interlagos Race Track - Autódromo José Carlos Pace

Stories in Interlagos

Sao Paulo, May, 12 , 2016 - By: Nara Lima and Sa

We booked this room for all the fans to tell us their best moments here in the temple of motorsport. Send your story on our Facebook.

Roberto Belleza: Meu nome é Roberto Belleza, tenho 58 anos e sou deficiente físico (tetraplégico). Trabalho desde 2010 na SPTuris, empresa da Prefeitura de São Paulo responsável pelos eventos oficiais da cidade, que também administra o Autódromo de Interlagos e o Anhembi, atualmente como Assessor da Diretoria de Responsabilidade Social. O ano de 2007 foi marcante para o GP Brasil de Fórmula 1, com a chegada meteórica de um jovem e promissor piloto chamado Lewis Hamilton que, já em seu primeiro ano, acabaria vencendo quatro corridas! O campeonato chegava à sua última prova em Interlagos, com uma briga feroz pelo título mundial pelos pilotos, entre eles Kimi Raikkonen (Ferrari), Lewis Hamilton (McLaren) e Fernando Alonso (McLaren). Raikkonen foi campeão com apenas 1 ponto de diferença para Hamilton! Na 6ª Feira de treinos livres, o ambiente no paddock fervia, com centenas de jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos do mundo inteiro tentando uma palavrinha com a nova estrela do circuito da F1. E, no meio de toda aquela muvuca, sendo atropelado pela mídia internacional, eis que surge na minha frente a fera – Lewis Hamilton!!! Muito simpático e solícito, me cumprimentou e começamos a conversar da maneira mais natural possível. At the time, como secretário Municipal Adjunto da Pessoa com Deficiência, contei a ele sobre as melhorias que a Prefeitura vinha fazendo no Autódromo, principalmente com relação à acessibilidade pois, naquela época, seu irmão mais novo Nick Hamilton também era cadeirante devido a uma síndrome que comprometia moderadamente o movimento de suas pernas. Hamilton me contou que levava seu irmão a praticamente todas as suas corridas e, não raro, enfrentava problemas de acessibilidade em alguns autódromos, mesmo na Europa. Acho que ficamos pelo menos uns 10 minutos batendo papo, tempo esse que todos que o assediavam dariam tudo para conseguir…

 

Roberto Belleza com Lewis Hamilton, no Autódromo de Interlagos. Foto: acervo pessoal de Roberto Belleza.

Roberto Belleza com Lewis Hamilton, at the Interlagos race track. Photos: acervo pessoal de Roberto Belleza.

print tw hist interlagos

Raquel da Conceição Passion: My story began in the Autodrome 13 March 2013 and continues today, daily. I admit I fell in love. Working here is rewarding! ultimately, as always I speak, anything you do in life, it is with love, or result will be reciprocal… Raquel da Conceição Paixão faz parte da empresa G4S Interativa Service, the outsourced team working on the Interlagos Racetrack.

 

Raquel da Conceição Paixão com Débora Rodrigues, em Interlagos. Foto: acervo pessoal de Raquel da Conceição Paixão.

Raquel da Conceição Passion with Debora Rodrigues, em Interlagos. Photos: personal collection of Raquel da Conceição Passion.

 

Marcelo Maranello: Meu nome é Marcelo, sou bancário e professor de inglês, tenho 32 anos e moro na cidade de São Paulo. Meu primeiro grande evento foi o GP Brasil de F1, in 2007, on 20 October. Acordei naquela manhã de F1 e liguei na bilheteria para saber se ainda havia ingresso e quem me atendeu disse que sim e mais do que depressa corri para o Autódromo para ver o treino, coisa que sempre sonhei em assistir. Na verdade, presenciei apenas o treino classificatório, vi Felipe Massa fazer a pole position com o tempo de 1:11:932 e aquela atmosfera já foi suficiente para não querer mais estar longe daquele lugar. Voltei para casa com a sensação de sonho realizado, dali em diante prometi que nunca mais perderia um GP de F1 em Interlagos e assim tem sido, até o presente momento.

 

Marcelo de O. Alves com Reginaldo Leme, no Autódromo de Interlagos. Foto: acervo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Marcelo de O. Alves com Reginaldo Leme, at the Interlagos race track. Photos: acervo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Antes, eu era um torcedor que ia ao Autódromo apenas para ver a F1, mas com o passar do tempo comecei a acompanhar todas as categorias que correm em Interlagos. Desde o Paulista de Marcas e Pilotos, passando pela Stock Car, Brazilian Tourism, até chegar à F1. Nesses anos que frequento o lugar, fiz muitas amizades, não apenas com outros torcedores, mas também com alguns pilotos de diferentes categorias do automobilismo e jornalistas especializados no assunto. Por isso passei a ser reconhecido por muitos deles quando circulo pelo Paddock nas competições.

Marcelo de O. Alves com Felipe Massa, no Autódromo de Interlagos. Foto: arquivo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Marcelo de O. Alves com Felipe Massa, at the Interlagos race track. Photos: arquivo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Quanto mais eu frequento este templo sagrado da velocidade, mais sinto vontade de estar nele. Quando tive problemas de transtorno de ansiedade há uns anos, foi o automobilismo e ir a este autódromo que usei como terapia, pois é o lugar onde me sinto bem, em paz e esqueço dos problemas, como se ao cruzar o Portão 7 fosse transportado para uma outra dimensão, um mundo paralelo, um lugar onde eu só tivesse coisas boas.

Só tenho a agradecer a esta casa querida que tão bem nos recebe em seus eventos. A você, que já foi muita vezes, ou ainda não foi, só digo uma coisa: vale demais a pena estar em Interlagos e ver pertinho o palco do GP Brasil de F1, lugar sagrado, por onde passaram grandes nomes do automobilismo mundial, como Ayrton Senna, Michael Schumacher, Alain Prost, Niki Lauda, Emerson Fittipaldi e Jackie Stewart.

 

Marcelo de O. Alves com Emerson Fittipaldi, no Autódromo de Interlagos. Foto: arquivo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Marcelo de O. Alves com Emerson Fittipaldi, at the Interlagos race track. Photos: arquivo pessoal de Marcelo de O. Alves.

Obrigado por tudo Autódromo de Interlagos, neste ano eu completo 10 anos indo assistir ao GP Brasil de F1, algo que sempre sonhava em fazer. Que venham mais décadas de alegrias e muita velocidade para nós torcedores.

 

 

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

André Oliveira: 20/12/2008, a sleepy Saturday, watching television news noon when they said that the Autodrome was open to all, where were several events going on in the whole track. I jumped up from the couch and 5 I changed the 2nd and flew to Interlagos. When I arrived, much had already finished, but I could not miss this opportunity. The vaulted por baixo, I climbed behind the boxes and saw an open gate, one that gives directly on the track, na reta dos boxes, right above the finish line. My legs trembled with emotion. I crossed the track split and looked at that retão and remembered all my idols who passed by: Emerson, Praise, Gilles, Arnoux, Piquet, Schumacher, Khodair, Saw, Ingo…cars and trucks…how many overtaking that retão of God! I went ahead and got in S. I stood in silence, I marveled at the descent. more memories. I went to the back straight and I could hear in my mind the roaring engines on it. Lake Curve, rising laranjinha and another stop to observe the grooves on the track for water flow. Orange Bow, Pinheirinho e Bico de Pato. Them smelled burning rubber and took several pieces there as in the previous week (We had Stock Car). Mergulho !!! Nooosssa…to walk it is lovely to do, scares. Junction and climb Coffee, where there were some people down to skate. That thing magnificent. If you have no engine, does not rise. Start of the pit straight, I walked slower to see more details and went where he was an old boxes of entry access and there I saw the track up and could contemplate the old route also. I continued by retão, crossed the finish line and more memories of the riders who won there. Even I felt like I had won a race ! I stopped right where he had been an accident at the start of Stock, I do not remember who, but it was ugly with car on fire near the side wall right track. I had a piece of brake disc and several pieces of cars still around. And that, My tour of the entire track of the largest auto temple in Latin America, my Interlagos Racetrack. If it was not already late and cloudy, give it another turn. Ahhh….how could not stay only in memory, I took some pictures, the cell of the time, but still I have some. Hugs ! Follow the photo said, made in the old access to the pits, with vision Duck and Dive Bico.

Photos: André Oliveira

 

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

Paulo Polas Blacconaro: I worked for two years in motorsport's leading championship, na categoria Speedy 1600. Estive por várias vezes da minha vida nessa reta, no pré-alinhamento, dando suporte aos carros.

 

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

Leonardo Vasconcelos Mogrão: The first time I set foot on the sacred ground, eu chorei de emoção: logo que consegui minha carteira de habilitação passei a ir todos os finais de semana em qualquer evento que acontecia, trabalhei muito durante anos e montei um carro específico de corrida. Tive a oportunidade de correr diversas vezes, na última delas perdi meu freio na reta dos boxes na placa dos 150 metros para a curva do S, estava a 235 km/h. Em comemoração, tatuei a pista no meu braço.

Interlagos, S do Senna. Foto: José Cordeiro/SPTuris

General info, S of Senna. Photos: José Cordeiro / SPTuris

@NE3UFLA: In 2014, It was the first participation of the team @ NE3UFLA in Karting Interlagos! Foi uma ótima experiência para a nossa equipe.

Katódromo de Interlagos. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

Katódromo de Interlagos. Photos: José Cordeiro/SPTuris.

 

Depoimento de Francisco José Amantéa, engenheiro da SPTuris, working at Autodrome.

Acompanho, de maneira apaixonada, os GPs de Fórmula 1 há 40 years old. Neste tempo, tivemos grandes vencedores, verdadeiros heróis nacionais, tais como Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet and Ayrton Senna. Sunday mornings were the eagerly awaited, pois a possibilidade de alegria era real. The victories were celebrated patriotic way. It was unthinkable that, 40 anos depois – eu que tanto gosto deste evento – seria integrante da equipe técnica, nomeada pela SPTuris, para trabalhar em Interlagos, e que participaria da organização dos GPs, having the possibility to move between my idols. It has been, realmente, uma junção de trabalho e prazer, o que muito me alegra!

 

Francisco José Amantéa. Foto: Acervo Pessoal.

Francisco José Amantéa. Photos: Acervo Pessoal.

 

Terms of use: All stories are subject to editing and corrections that website publishers deem appropriate. The stories are personal, not having the Autodromo any interference or responsibility on the facts reported here. Each author can request removal of your history at any time.

Newsletter

receive no receber
Photos: José Cordeiro/SPTuris.