Coisas para saber sobre o Autódromo de Interlagos e a Fórmula 1

Coisas para saber sobre o Autódromo de Interlagos e a Fórmula 1

São Paulo, 13 de Novembro de 2015 - Por: Nara de Lima e Sá

Números impressionantes, curiosidades e outras informações que (talvez) você não saiba, mas vai precisar antes do GP deste fim de semana

 

O que você realmente sabe sobre o Autódromo de Interlagos? Foto: Beto Issa/GP Brasil.

O que você realmente sabe sobre o Autódromo de Interlagos? Foto: Beto Issa/GP Brasil.

Os carros já aceleram nos treinos livres desta sexta-feira, na reta final para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, que acontece no domingo, 15 de novembro. E há alguns números e curiosidades que qualquer fã de automobilismo e do Autódromo de Interlagos precisa saber para não ficar pra trás na conversa sobre o evento.

Os dados foram compilados e organizados pelo Observatório de Turismo e Eventos, núcleo de pesquisas e inteligência de mercado da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos que administra o Autódromo de Interlagos).

Haja pista

Material usado na construção da pista:

• 7.200 m³ de pedra

• 435 toneladas de asfalto

• 135 km de arame farpado

• 800 metros de tubo de concreto para drenagem

• 470 m³ de madeira para tribunas e arquibancadas

• 500 mil m³ de terra removidos

A extensão da pista de Interlagos diminuiu com o decorrer dos anos e desenvolvimento do automobilismo mundial:

• 1940: 7.960 metros

• 1979: 7.873 metros

• 1990: 4.325 metros

• 2000: 4.309 metros

Interlagos é uma das pistas preferidas dos pilotos porque:

1. É um dos autódromos mais tradicionais do campeonato – completou 75 anos em 2015

2. Possui maior nível de dificuldade pelo grande desnível de 58 metros entre o ponto mais alto (Reta da Largada) e o mais baixo (Reta Oposta)

3. Tem diversos pontos de ultrapassagem

4. Tem boa cobertura asfáltica e com grande aderência, especialmente após as reformas de 2014

5. É um dos poucos circuitos no mundo que tem o sentido anti-horário, gerando carga adicional de esforço físico pelos pilotos

Brasileiros na F1

• Emerson Fittipaldi, José Carlos Pace (que dá nome ao autódromo), Ayrton Senna, e Felipe Massa foram os brasileiros que já venceram o GP Brasil de Fórmula 1 em Interlagos. Confira o ano de vitórias:

• Emerson Fittipaldi: 1973 e 1974

• José Carlos Pace: 1975

• Ayrton Senna: 1991 e 1993

• Felipe Massa: 2006 e 2008

• Emerson Fittipaldi foi o primeiro piloto brasileiro a vencer um GP Brasil de F1 em Interlagos, em 1973, com seu carro Lotus.

• Uma das vitórias épicas em Interlagos foi a do piloto Ayrton Senna, em 1991. Faltando 6 voltas para o final, Senna perdeu a terceira marcha. Na sequência, perdeu a quarta. Mais duas voltas e perdeu a quinta marcha. Mesmo assim, conseguiu levar o carro e venceu a corrida.

F1 em Interlagos

• Desde 1972, quando a F1 começou em Interlagos, um público de 4,4 milhões passou pelo GP

• O alemão Michael Schumacher é o piloto que mais venceu em Interlagos, com quatro vitórias: 1994, 1995, 2000 e 2002

• Mclaren e Ferrari são as escuderias mais vencedoras em Interlagos, com 8 vitórias cada. Entre os países, Brasil e Alemanha são os maiores vencedores, com 7 vitórias cada

• Melhor volta do circuito feita por Juan Pablo Montoya 1’11’’473 em 2004

• Melhor volta de treino com 1’10’’023 feita por Nico Rosberg em 2014

Turistas no GP do Brasil

• A porcentagem de turistas no evento é de cerca de 40%

• A proporção de estrangeiros no evento é de cerca de 15%

• Nacionalidades pouco habituais na cidade de São Paulo durante o ano, mas recorrentes na F1: África do Sul, Angola, Escócia, Índia, República Dominicana e República Tcheca

• Permanência média de 2004 a 2014 foi de quase três dias

• O gasto médio aumentou ao longo do tempo, de R$ 930 em 2004 para R$ 3 mil dez anos depois

Leia também:

São Paulo é o destino mais procurado para este fim de semana de F1

GP do Brasil de F1 recebe turistas de todas as partes do mundo

Newsletter

Foto: José Cordeiro/ SPTuris